Empresa alvo da Polícia Federal fechou parcerias com Bradesco e Itaú.

A Valid, empresa que foi alvo de operação da Polícia Federal por suposto superfaturamento na impressão do Enem, fechou parcerias com os bancos Bradesco e Itaú.

Além de possuir uma gráfica, a empresa atua no ramo de tecnologia da informação. No caso dos bancos, a Valid consolidou acordos para solução digital de contratos imobiliários.

O objetivo é agilizar a compra e venda de um imóvel por meio da assinatura digital e registro eletrônico dos documentos.