EDUARDO PEDROSA E OS EGIPCIOS ALEXANDRE E BASILE PANTAZIS CONTRATARAM O EX PRESIDIÁRIO ADVOGADO WILLER TOMAZ REALMENTE ESTÃO NO DESESPERO…..

Acreditamos que agora essa quadrilha vá em cana e que por la fiquem muito tempo presos, Willer Tomaz, já é bastante conhecido das celas de Brasilia, mas como todo o bom deliquente nenhum efeitou produziu em sua conduta criminosa, os Gregos Egipcios aprenderam o o pai George Pantazis que preso foi por diversas vezes no Paraná, por crimes de sonegação, e outros, a dupla se intitula de origem GRega, mas na realidade se descobriu que são Egipcios, kkkkk, tambem são criminosos costumazes, vejam exemplo a Dismaf empresa que operou na VALEC, com os trilhos tortos da china, não sabemos porque ainda não estão atras das grades, provavelmente o dinheiro comprando tudo, vejam caros seguidores desse que vos conta a verdade, pra quem tem em seu staf de ADVOGADOS o famoso escritório de Marçal Justem de Curitiba, doutrinador famoso, contratar Willer Tomaz, formado na FAFOFI de Taguatinga, só pode ser para que??????  

EXTRA EXTRA WILLER TOMAZ ADVOGADO DE BRASILIA PRESO NA LAVA JATO – ESTA TRABALHANDO PELA INFOSOLO EM MG – ESPECIALISTA EM COMPRAR DECISÕES – LIGADO AO MPF E AO PGR IRMÃO DO GOVERNADOR DO MARANHÃO.

Willer Tomaz, advogado famoso em Brasilia após ir preso no caso J&F lava jato, o mesmo que quando preso estava no Maranhão a serviço da INFOSOLO, que recebe muita da grana por um doleiro do Lago sul para lavagem e entrega ao Senador do Maranhão pelo serviço de Registro de Contratos junto ao Detran, pasmem, agora Willer que pelo visto não tem medo de cadeia trabalha em MG para a mesma Infosolo Dos Gregos Egipcios Alexandre Pantazis e seu irmão Basile Pantazis, ambos com cidadania estrangeira, atenção autoridades, esses mafiosos Egipicios Gregos e o tal Dr. Willer Tomaz, ja se acostumaram com a impunidade.

As revelações de Willer Tomaz, advogado de Brasília alvo de delatores da J&F

Ele foi um dos convocados a depor na CPMI. Será um dos primeiros a ser ouvido e antecipou ao Metrópoles parte do que vai contar

Rafaela Felicciano/Metrópoles

NL